5 coisas para fazer antes de anunciar o aluguel do seu imóvel

 

Cuidar do aluguel do próprio imóvel, sem imobiliária, é uma grande liberdade, mas também um grande desafio. Desde dúvidas em como anunciar o imóvel até dúvidas sobre leis e direitos surgem ao longo desse caminho.

Fizemos um levantamento de algumas coisas que vão te ajudar a se organizar antes de anunciar o aluguel do seu imóvel. É importante decidir e fazer algumas coisas antes para quando você for começar o seu anúncio, tudo fique completo e passe as informações importantes para o seu futuro inquilino.

 

Como você quer inquilinos rapidamente, pois imóvel parado é dinheiro que não chega, então fique atento nas seguintes dicas:

 

1 – Tire boas fotos do seu imóvel

As fotos ajudam muito o inquilino a começar a se imaginar morando ali. Nada de foto da parede ou da janela, com tudo vazio. Se o seu imóvel está vazio, você pode colocar nas fotos uma identificação para que as pessoas saibam qual é o quarto e qual é a sala.

 

2 – Defina o valor do aluguel

Lembrar de atualizar o valor do seu aluguel é bem importante e muitos donos de imóvel esquecem de fazer ao longo do aluguel. Então o inquilino sai e o valor do aluguel estará super defasado. É só buscar o IGPM do ano e dar uma olhada em quanto tempo faz que você não reajusta. Alguns donos escolhem decidir o valor do aluguel considerando uma margem de negociação.

 

 

3 – Saiba se o inquilino é bom

Você pode escolher pedir o contato de referência do proprietário do imóvel anterior, fazer uma análise de crédito (clique aqui se quiser saber mais), solicitar a última folha de pagamento de salário ou contratar um seguro-fiança, pois a seguradora já faz uma análise de crédito do seu novo inquilino. É importante decidir antes, pois você já pode deixar claro que vai solicitar essas informações para aceitar o inquilino.

 

4 – Defina as garantias

Quais as garantias que você vai aceitar? Você pode oferecer várias opções para facilitar encontrar um inquilino. Mas lembre-se: ao fechar negócio com o inquilino, vocês podem usar apenas 1 garantia. Entre as opções no mercado temos o depósito caução no valor de até 3 meses de aluguel, fiador, seguro-fiança ou garantia por cartão de crédito.

 

5 – Detalhes do contrato

Decidir se você vai preferir um contrato físico ou eletrônico. Hoje em dia a facilidade é tanta que você nem precisa mais do contrato físico. Há várias opções de contratos com assinatura eletrônica, que tem o mesmo valor do físico. A duração do contrato também é importante, pode ser de 12, 24 ou 30 meses. Há diferenças legais na escolha de cada duração, que valem a pena serem consideradas.

Agora é só começar a anunciar o aluguel do seu imóvel. Com as fotos, informações do imóvel e as exigências para o aluguel em mãos é só criar o seu anúncio e procurar lugares para divulgar ele.

Deixe seu comentário:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Adicionar comentário: *

Name *

Email *

Website