Vantagens do seguro fiança parcelado

Você sabe quais são as vantagens do seguro fiança parcelado? Como isso pode facilitar sua moradia e na hora da saída do imóvel? Vamos entender!

Primeiramente, o seguro fiança é um modo de garantia que assegura o recebimento dos gastos do aluguel ao proprietário. Ele cobre os custos do aluguel e de demais valores, como IPTU, condomínio etc. As seguradoras são quem disponibilizam o seguro fiança. Por meio de análises, elas verificam o risco de inadimplência e aprovam ou reprovam o pedido de seguro. Além disso, elas possibilitam outras vantagens dentro do seguro, como assistência jurídica e, às vezes, assistência para reparos. 

Dessa maneira, o valor do seguro fiança geralmente é separado do aluguel em um segundo boleto, podendo ser pago à vista ou parcelado. Mas, não precisa ser assim. Vejamos mais detalhes!

Você pode ver mais informações sobre seguro fiança aqui e sobre pedido do seguro fiança negado aqui.

Não há necessidade de ter uma reserva de dinheiro

Diferentemente do modo caução, com o seguro fiança você não precisa ter uma reserva de dinheiro para garantir ao proprietário. 

Antes de tudo, é muito provável que você tenha que arcar com algumas despesas do imóvel anterior, se estiver mudando de imóvel. Além de outros gastos para o próximo imóvel também, como:

  • O valor da mudança;
  • Instalações;
  • Reparos necessários;
  • Transferências dos serviços de internet e telefonia;
  • Entre outros.

Por isso, com o seguro parcelado, não será necessário lidar com um valor de caução ou do seguro fiança à vista e mais os gastos extras. Assim, esse serviço acaba saindo como a opção mais vantajosa.

Apesar disso, a taxa que se paga à seguradora varia. Esse valor dependerá de cada seguradora e qual o modelo da cobertura, além do Score avaliado pela análise de crédito. Sendo assim, caso o inquilino tenha um bom Score e a cobertura for básica, a taxa diminui. Mas se o inquilino possuir um Score baixo e uma cobertura mais completa, a taxa aumenta. Ademais, é normal que esse valor varie entre 10% a 30% do valor do aluguel, ou mais dependendo da situação e da seguradora.

Para o proprietário, o seguro fiança parcelado também é uma vantagem. Com esse método, é mais fácil conseguir alugar o imóvel, pois a espera em achar alguém com uma quantia de dinheiro para a caução pode ser longa.

O valor do parcelamento vem no boleto junto ao aluguel

As empresas oferecem o seguro e o pagamento do aluguel no mesmo boleto. A vantagem para o inquilino é que é muito mais prático, proporciona mais controle na administração da conta e evita o acúmulo de boletos.

Para o proprietário, a vantagem é que o pagamento da garantia fica 100% de responsabilidade do inquilino, e ainda, fica mais fácil garantir o pagamento do aluguel. Dessa forma, o proprietário não precisa arcar com o pagamento do seguro e depois passar a dívida ao inquilino, como acontece na forma de seguro fiança normal. Além disto, o proprietário também consegue administrar e acompanhar melhor o decorrer do aluguel.

Outro detalhe importante é que o seguro não é cortado quando o custo da fiança vem com o aluguel do boleto e há atraso no pagamento. É diferente da forma usual de parcelamento, disponibilizada pela maioria das seguradoras, que vem em boleto à parte.

A renovação do seguro fiança é mais simples

De acordo com o período de permanência indicado no contrato de aluguel, um cálculo é feito para verificar o custo e realizar a contratação do seguro fiança. Dessa forma, quando o prazo do contrato terminar, mas você decidir ficar no imóvel, é necessário renovar o seguro fiança e fazer o pagamento novamente.

Agora, levando em consideração a forma de parcelamento que as seguradoras disponibilizam:

  • Para o proprietário: parcelado várias vezes e repassado posteriormente o valor para que o inquilino pague;
  • Para o inquilino: à vista ou parcelado em até 3 vezes.

Dessa forma, quando chegar o momento para contratar o seguro, com a forma à vista, é necessário pagar o valor completo novamente para mais um período. E com a forma parcelada em até 3 vezes, os boletos referentes a mais um período serão enviados. Porém, ao encerrar o contrato, você precisará lembrar da renovação. Além disso, com a restrição de parcelamento em até 3 vezes, pode acabar saindo caro.

Já com o seguro fiança parcelado e no boleto junto ao valor do aluguel, não haverá a necessidade de fazer a renovação caso o período do contrato expire, mas você continue no imóvel. Com esse método, você paga um valor menor a cada mês, certificando a garantia do mês vigente. Dessa forma, não tem perigo de perder o seguro fiança. 

Contudo, é importante saber que essa forma funciona somente com um mediador. Isso se deve pois caso o inquilino deixe de pagar os boletos, quem fica como responsável pelo pagamento é o mediador. Assim, o contrato do seguro permanece ativo.

A saída do imóvel também é simplificada

Com o parcelamento do seguro junto ao aluguel, você pode evitar maiores complicações e burocracias. Basta apenas pedir o cancelamento do seguro e não pagar o boleto do próximo mês. Caso contrário, você deverá entrar em contato com a seguradora para cancelar o seguro e solicitar o reembolso de algumas parcelas (caso já as tenha pago), o que pode levar algum tempo para ser resolvido.

 

A Mellro preza pela facilidade e simplicidade no processo de alugar direto com o dono. 

Gostou desse conteúdo? Acompanhe nossas redes sociais para ficar por dentro de todas as informações!



QUER RECEBER MAIS CONTEÚDO?



Compartilhe este conteúdo!
Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin
Tweet about this on Twitter
Twitter

Artigos Relacionados

Análise de crédito do locatário
Análise de crédito do inquilino

A análise de crédito do inquilino, conhecido também como análise de CPF, é...

Garantia caução de aluguel em 5 passos

Você sabe o que é a caução de aluguel? Como ela funciona? E...

Deixe seu comentário:

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Adicionar comentário: *

Name *

Email *

Website